AEDAS apresenta instrumento de Cadastro para atingidos e atingidas de Itatiaiuçu

Na segunda-feira, dia 7 de outubro, a Assessoria Técnica da AEDAS em Itatiaiuçu apresentou, junto a equipe contratada para elaborar o cadastro, o instrumento de cadastramento das famílias atingidas pelo acionamento do Plano de Ação Emergencial de Barragem. O instrumento foi apresentado em assembleia realizada na Escola de Pinheiros.



Para o atingido Adilson Alves da Cunha, de Pinheiros, a explicação do cadastro foi clara e foi possível entender o porquê da realização de várias reuniões nas comunidades. No último mês. “Achei bom, está bem claro. No que entendi achei muito bom, bem explicado. A gente agora tem que dizer o que sentiu e saber explicar para não ficar voltando com informações. Eu gostei”, expressou.




Já a atingida, que foi deslocada de Pinheiros para a sede de Itatiaiuçu, a caseira Noeme Cordeiro, está ansiosa e confiante para começar o processo de cadastro: “achei a assembleia bem informativa, acho que o cadastro vai contemplar tudo. Sinto que agora vai dar um novo rumo ao nosso processo. Estou confiante”, destacou Noeme.


O cadastro


Dos dias 14 a 16 de outubro a equipe do cadastro vai realizar um pré-teste do instrumento para verificar se todas as perguntas conseguem abarcar os danos sofridos pelos atingidos e atingidas. Até o final do mês o instrumento será entregue a Assessoria Técnica da AEDAS e apresentado ao Ministério Público. A previsão é de que em novembro se inicie o cadastro das famílias atingidas. O cadastro, como acordado com a comissão, começará com as famílias que tiveram que ser deslocadas para outras regiões de Itatiaiuçu.



AEDAS - Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social

© 2017 -  Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social

Rua Frei Caneca, 139, Bonfim - Belo Horizonte / MG - CEP: 31.210-530