Aedas lança vídeo sobre direito à assessoria e detalhes do Registro Familiar

Publicado em 24/07/2020



A Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social (Aedas) produziu mais um vídeo para apresentar uma parte da assessoria técnica às pessoas atingidas. São profissionais que estão atuando nos municípios de Brumadinho (Região 01), Betim, Igarapé, Juatuba, Mário Campos e São Joaquim de Bicas (Região 02) na Bacia do Paraopeba.


As equipes da Aedas atuam em diversas áreas técnicas e entendem de assuntos que vão contribuir para buscar a reparação integral para as pessoas atingidas, que tiveram suas vidas profundamente alteradas após o rompimento da barragem da Vale, no dia 25 de janeiro de 2019.


DIREITO À ASSESSORIA TÉCNICA


O que aconteceu em Brumadinho não é algo natural. É considerado um dos maiores desastres ambientais da história. Em resumo, uma das empresas de mineração mais rica do mundo desrespeitou diversas regras e provocou um enorme estrago social e ambiental. Para isso não ficar impune, o juiz reconheceu o direito à assessoria e os atingidos e atingidas escolheram a Aedas.

A verdade é que fica muito difícil lidar com esse processo, difícil de entender, sozinho ou com pouca informação. Por este motivo, a Aedas tem como função contar para os atingidos e as atingidas tudo que acontece no processo e organizar espaços coletivos para decidir sobre o que deve ser levado ao juiz. É isso que chamamos de direito à assessoria técnica independente.

Não é normal que uma empresa com muitos advogados enfrente cada atingido sozinho no processo. Para que a justiça seja feita é preciso que as pessoas atingidas estejam no mesmo pé de igualdade da Vale.


Aí que entra a Aedas: com uma equipe qualificada para pesquisar, acompanhar as decisões do juiz e da Vale, te informar e, acima de tudo, estar ao seu lado. Mas a Aedas só consegue fazer esse trabalho com uma ampla participação das pessoas que tiveram mudanças em suas vidas após o rompimento.


REGISTRO FAMILIAR


O Registro Familiar é um passo importante no trabalho da assessoria técnica no acompanhamento das famílias atingidas. Funciona assim: alguém da equipe de mobilização da Aedas vai ligar para o seu núcleo familiar para AGENDAR o Registro Familiar.


Já no Registro Familiar completo, que será feito preferencialmente por vídeo, perguntamos algumas informações importantes para conhecer melhor a situação das famílias atingidas.


No primeiro momento, do agendamento, não pedimos documento. Mas no segundo, é importante ter os nomes completos e dados de RG e CPF de todos do núcleo familiar.


A equipe reforça a importância desse momento e da disponibilidade de todos para que seja possível começar em breve os Grupos de Atingidos e Atingidas e debater o emergencial.


Fique de olho no site (www.aedasmg.org.br/paraopeba) para acompanhar as datas e quando a sua comunidade receberá a ligação. Se ficar com dúvida, mande uma mensagem:


WhatsApp:

📲 31 9 8382-5151


ou para os emails:

📩 atingidosparaopeba1@aedasmg.org

se você mora em Brumadinho.


📩 atingidosparaopeba2@aedasmg.org

se você mora em Betim, Igarapé, Juatuba, Mário Campos e São Joaquim de Bicas.

AEDAS - Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social

© 2017 -  Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social

Rua Frei Caneca, 139, Bonfim - Belo Horizonte / MG - CEP: 31.210-530