Atingidos escolhem AEDAS para Assessoria Técnica em Resplendor e Itueta

No dia 27 de novembro foi a vez do território que envolve as cidades de Itueta e Resplendor fazer a escolha pela Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social-AEDAS como sua Assessoria Técnica Independente dentro do edital do Fundo Brasil de Direitos Humanos.



A assembleia teve cerca de 150 atingidos e atingidas, mobilizados pelo Fundo Brasil de Direitos Humanos e pelas Comissões de atingidos de cada município, que reúnem pescadores, produtores rurais. Estão também nas Comissões moradores das áreas urbanas que além de sofrerem diversos danos como na fonte de renda e trabalho, estão também com problema de abastecimento da água, pois até hoje são estes dois municípios abastecidos por caminhão pipa desde o crime.


Após um longo debate entre os atingidos, as Comissões fizeram uma votação entre seus representante e, por maioria de votos, a AEDAS foi eleita para ser a Assessoria Técnica. A AEDAS chega com grade desafio de discutir os temas relacionados à lama da Samarco, mas também considerando os impactos que a Barragem de Aimorés gerou naquela região e que ao longo dos anos foram tornando uma espécie de cascata de problemas, que ficaram ainda piores com o rompimento da Barragem de Fundão.


A AEDAS vai levar a sua experiência de metodologia e êxitos em Barra Longa para continuar o processo de diálogo com todas as organizações sociais que atuam naquela região e que mobilizam os atingidos.

AEDAS - Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social

© 2017 -  Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social

Rua Frei Caneca, 139, Bonfim - Belo Horizonte / MG - CEP: 31.210-530