Comissão de Atingidos (as) de Itatiaiuçu é ampliada




A Comissão de Atingidos (as) de Itatiaiuçu foi ampliada. A validação da eleição foi realizada na segunda-feira, 28 de setembro, em uma Assembleia Geral realizada por videoconferência. Durante o encontro ainda foi apresentado e aprovado o Regimento Interno da Comissão. Estavam presentes na Assembleia, atingidos e atingidas pelo acionamento do PAEBM da ArcelorMittal, o promotor do Ministério Público Federal, Lauro Coelho Júnior, o promotor do Ministério Público Estadual de MG, Lucas Mendes, representante do MAB, Pablo Dias e Assessoria Técnica da AEDAS.


A Comissão era formada por 5 pessoas atingidas: Glaucia (Pinheiros), Toninho (Pinheiros), Emiliana (Vieiras), Diogo (Lagoa das Flores) e Crispim (Pinheiros). A primeira formação, em 21 de fevereiro de 2019, da Comissão foi feita, ainda no hotel (para onde foram levados os retirados de suas casas). A Comissão agora é composta por 13 pessoas atingidas. Além dos cinco anteriores agora fazem parte da Comissão: Patrícia Odione (Lagoa das Flores), Maria Olímpia (Lagoa das Flores), José Roberto - Zezé (Vieiras), Shirley de Souza Ferreira (Pinheiros), Arlete Custódia Ferreira (Pinheiros), Ilton Márcio (Pinheiros), Ezequiel Mathias (Pinheiros), Márcio da Piedade (Pinheiros).



É importante ressaltar que a Comissão atua como instância externa e independente da ArcelorMittal, sendo acompanhada pela Assessoria Técnica da AEDAS e representa as pessoas atingidas pelo acionamento do Plano de Ação de Emergência para Barragem de Mineração da ArcelorMittal.


A atingida de Lagoa das Flores, Patrícia Odione, agradeceu por ter sito eleita. “Espero agregar na Comissão e contar com o apoio de todos, a Comissão é grupo”, afirmou. O atingido José Roberto, da comunidade de Vieiras, afirmou que veio para somar aos trabalhos já realizados pela Comissão. “Venho pra somar com a Comissão, trago a voz do povo da minha comunidade, para reivindicar nossos direitos”, finalizou.



Lembrando que as comunidades de Vieiras, Lagoa das Flores e Pinheiros, em Itatiaiuçu, sofreram alteração no seu modo de vida, em fevereiro de 2019, quando foi acionada a sirene de risco de rompimento na barragem Mina de Serra Azul, da mineradora ArcelorMittal, e o início do Plano de Ação de Emergência.



AEDAS - Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social

© 2017 -  Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social

Rua Frei Caneca, 139, Bonfim - Belo Horizonte / MG - CEP: 31.210-530