Comunidades quilombolas: Aedas apresenta análise de danos e caminhos para reparação integral

A Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social de Minas Gerais (Aedas) apresenta a cartilha "Um novo olhar sob a reparação", publicação com o objetivo de contribuir com o processo de reparação integral das comunidades quilombolas de Ribeirão, Rodrigues, Marinhos e Sapé, atingidas pelo desastre na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho.


O material dispõe de uma análise da situação territorial dessas comunidades e os danos nos âmbitos material, imaterial e natural causados pelo rompimento e soterramento nas barragens da mineradora Vale S.A. Além disso, faz um resgate da história de contribuição da população negra na mineração em Minas Gerais em paralelo com a situação atual.


A construção da cartilha se deu em cinco fases que incluem pesquisas em fontes bibliográficas, levantamento de documentos e de dados, como também trabalhos de campo e entrevistas com as pessoas que moram nas comunidades pesquisadas, com a devida valorização da diversidade de vozes e fontes de informação.


Veja a cartilha!

Um novo olhar sob a reparação - Povos Quilombolas
.pdf
Download PDF • 10.34MB







90 visualizações
  • WhatsApp Aedas
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram