Crianças, Jovens e Mulheres de Barra Longa: A luta continua!


Desde novembro de 2015 os atingidos e atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão sofrem os impactos resultantes tanto da lama, como do depósito e dos processos em que envolveram sua retirada parcial; o maquinário pesado, a mão de obra utilizada nesse trâmite e o material tóxico particulado no ar; que interferiu e interfere radicalmente nas formas de vida e de uso dos espaços no município de Barra Longa.


Os desdobramentos deste crime socioambiental ainda estão em decurso, e é por isso que desde então a comunidade atingida luta pelo reconhecimento dos danos sofridos e para que seus direitos sejam reestabelecidos de forma integral.


Com o acompanhamento da Assessoria Técnica/Aedas, os atingidos e atingidas construíram processos coletivos para identificação e sistematização de perdas e danos, elaborando propostas de reparação para diferentes questões e temáticas, baseadas em metodologias participativas que consideram o processo de educação e acúmulo de saber popular. Neste sentido, o produto 17 – Consultoria Especializada em Esporte, Cultura, Lazer e Educação (Contrato IUC/Aedas) realizou atividades junto aos atingidos e atingidas de Barra Longa, principalmente mulheres, crianças e jovens. Com estes grupos foram consideradas as temáticas citadas e foram levantados danos diversos que integram também a pauta dos/as atingidos/as.


Na cartilha apresentamos os direitos das crianças, jovens e mulheres de acordo com os documentos legais como: a Constituição Federal, o Estatuto da Criança e do Adolescente e o Estatuto da Juventude. Relacionamos as principais demandas de reparação das crianças, jovens e mulheres; bem como das temáticas do esporte, cultura, lazer e educação, levantadas junto aos atingidos pela assessoria técnica.


A luta continua!



Crianças, Jovens e Mulheres de Barra Longa (2)
.pdf
Download PDF • 15.12MB






75 visualizações
  • WhatsApp Aedas
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram