Danos à saúde e ambiente X a luta coletiva pela reparação em Barra Longa



Vídeo aborda os danos à saúde e ambiente em Barra Longa e a luta coletiva pela reparação


Com o rompimento da Barragem de Fundão, ocorrido no dia 5 de novembro de 2015, às famílias às margens do Rio Gualaxo e Carmo, no município de Barra Longa-MG, foram atingidas com a deposição de rejeitos de mineração. Com o rompimento da barragem, os danos materiais e imateriais sofridos pelos atingidos somam-se à perda das culturas florestais, culturas temporárias, culturas permanentes, pastagens e animais. Frente a isso, atingidos e atingidas de Barra Longa vêm elaborando a discussão e pauta para os caminhos da reparação integral, com apoio técnico da assessoria.


Os diversos estudos e diagnósticos têm demonstrado alto risco à saúde da população que convive com o rejeito e com a ausência de ações efetivas de assistência e acompanhamento à saúde. Confira os depoimentos e a luta coletiva pelo direito à saúde e ao ambiente saudável em Barra Longa.


Assista o vídeo:



23 visualizações
  • WhatsApp Aedas
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram