DIREITO À MORADIA - ATINGIDOS E ATINGIDAS DE BARRA LONGA - MG




A luta pela reparação integral dos danos sofridos pela população de Barra Longa/MG após o rompimento da Barragem de Fundão começou em 2015, logo após a ocorrência do crime que atingiu toda a cidade histórica e a vida do povo de forma tão profunda.


Com o rompimento, as famílias atingidas de Barra Longa vivenciaram diversos danos ao seu direito de morar e viver com dignidade, em função das alterações e rupturas em seus modos de vida: vieram a lama, as empresas, as máquinas, caminhões e trincas. Na sequência os deslocamentos forçados, a insegurança, o risco e a espera.


Entre os anos de 2017 e 2021, a população atingida de Barra Longa organizada em seus grupos de base, comissão de atingidos, acompanhada pela assessoria técnica independente Aedas, construiu seu entendimento sobre os danos que sofreu, sobre quem são os atingidos e sobre como a questão da moradia deve ser reparada. Através desse processo foram feitas diversas negociações e firmados acordos em território que precisam ser defendidos e efetivados.


O direito à moradia digna dos atingidos foi construído com muita luta e organização coletiva. Na assembleia de devolutiva da moradia, realizada de forma virtual em 01/07/2021, os atingidos reafirmaram: (com)unidade que se constrói a reparação integral!


Conheça abaixo o processo de luta e as conquistas dos atingidos de Barra Longa.



DIREITO À MORADIA
.pdf
Download PDF • 8.63MB





69 visualizações
  • WhatsApp Aedas
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram