Nota: Aedas presta solidariedade aos familiares e amigos de Uberlandio da Silva




A Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social (Aedas) presta solidariedade aos familiares e amigos da vítima Uberlandio Antônio da Silva, trabalhador terceirizado da Vale e natural do estado do Espírito Santo. Ele foi identificado nesta quarta-feira, 10 de novembro, através dos trabalhos das equipes do Instituto de Criminalística, a partir de material de DNA.


A vítima é uma das 272 vidas perdidas no rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, em 2019, na região metropolitana de Belo Horizonte, que completou dois anos e 9 meses no último dia 25.


A última pessoa identificada foi Angelita Cristiane Freitas de Assis, no dia 6 de outubro. Agora, sete famílias seguem aguardando respostas sobre seus entes.


A Aedas tem o compromisso de prestar assessoria técnica para reparação integral e participativa aos atingidos e atingidas para recuperação de suas vidas, dignidade e qualidade de moradia nos territórios onde houve perda em função das consequências do rompimento.


Sendo assim, a Associação presta solidariedade à família de Urbelandio e das outras famílias que perderam suas joias.


As seguintes pessoas ainda não foram identificadas:

CRISTIANE ANTUNES CAMPOS

LECILDA DE OLIVEIRA

LUIS FELIPE ALVES

MARIA DE LURDES DA COSTA BUENO

NATHALIA DE OLIVEIRA PORTO ARAUJO

OLIMPIO GOMES PINTO

TIAGO TADEU MENDES DA SILVA

498 visualizações
  • WhatsApp Aedas
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram