Nova equipe da Assessoria Técnica é apresentada para atingidos e atingidas de Itatiaiuçu

Atualizado: Ago 26



Uma nova fase se aproxima para os atingidos e atingidas pelo PAEBM da ArcelorMittal em Itatiaiuçu. Depois de dois anos de luta por direitos e um processo coletivo de construção da Reparação Integral, nesta terça-feira, 24 de agosto, as pessoas atingidas participaram de uma assembleia para conhecer os novos(as) membros da equipe da Aedas que atuarão nas negociações individuais e na elaboração do TAC 02: Danos Coletivos e Difusos.


A nova equipe está composta por advogados(as), contador(a), engenheiro civil, engenheiro agrimensor, arquitetos (as), entre outras áreas técnicas que irão atuar no processo das negociações individuais e aplicação da matriz de danos a partir do que foi declarado nos cadernos dos núcleos familiares cadastrados. Desde o último dia 16, os novos profissionais estão em formação e treinamento para atuar no processo e conhecer as ferramentas e o processo de construção da reparação integral.


Durante a Assembleia os atingidos e atingidas puderam expressar o que sentiam e esperam para esta nova fase. “Desejo a todos os profissionais boas-vindas. Participei de uma das formações junto a equipe e vi que são grandes profissionais e que irão agregar muito nesse processo no qual todos os atingidos aguardam ansiosamente. O processo não é fácil, mas conto com o empenho e dedicação de todos”, afirmou o atingido Marcio Piedade.


A advogada Larissa Assunção, que chega agora para integrar a equipe da Assessoria Técnica, afirmou que a assembleia, mesmo que virtualmente, conseguiu criar uma conexão com as pessoas atingidas: “a assembleia, mesmo ocorrendo de forma virtual em virtude dos protocolos de saúde, conseguiu nos aproximar dos/as atingidos/as, através das apresentações, conversas e explanações sobre o próximo período. Larissa ainda contou que as expectativas são grandes para começar o trabalho: “as expectativas para o início dos trabalhos são enormes, estamos passando por um intenso processo de treinamento e toda a equipe está ansiosa e comprometida para atuar na luta pela garantia da reparação integral dessa comunidade”, finalizou.



A partir de setembro a nova equipe começa a se reunir com os núcleos familiares e a nova fase de negociação se inicia oficialmente. É importante destacar que foram definidos critérios de atendimento na assembleia realizada no último dia 06 de agosto. O primeiro grupo a iniciar as negociações são os atingidos e atingidas que tem o imóvel totalmente dentro da ZAS, depois serão os atingidos e atingidas que tem imóveis parcialmente na ZAS, mas que tiveram seu uso inviabilizado, por isso serão tratados da mesma forma que os imóveis totalmente na ZAS. Na sequência, as pessoas atingidas que tem o imóvel parcialmente dentro da ZAS e posteriormente os tingidos e atingidas que estão fora da ZAS.


Todos os atendimentos serão agendados pela equipe da Assessoria Técnica. A equipe de Mobilização irá ligar e marcar a data e horário da primeira reunião. Fiquem atentos e atentas!

430 visualizações
  • WhatsApp Aedas
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram