Participação no processo de reparação será tema de live promovida pelas ATIs e PUC

Nesta quinta-feira (03/12), às 19h, acontece a transmissão ao vivo do seminário Por um manifesto de justiça: pessoas atingidas lutam pela participação no processo de reparação na bacia do Paraopeba. A transmissão acontecerá no canal do YouTube “Extensão PUC Minas”. Em breve divulgaremos o link.


Neste seminário, as Assessorias Técnicas Independentes (ATIs) que atuam na Bacia - Guaicuy, Nacab e Aedas - e a PUC Minas vão apresentar as informações públicas divulgadas até o momento sobre as negociações do acordo entre a Vale, o Governo de Minas Gerais e as Instituições de Justiça (IJs), para reparação dos danos sociais, econômicos e ambientais provocados pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, que aconteceu em janeiro de 2019.


Na ocasião, também serão apresentados os trabalhos feitos recentemente pelas comunidades atingidas, ATIs - Guaicuy, nas regiões 3 e 5, Nacab, na região 3 e Aedas, nas regiões 1 e 2 - e pela PUC Minas, que atua como coordenadora metodológica do Projeto Paraopeba.


Possível acordo entre Vale e Governo


Uma possibilidade de acordo está sendo discutida entre a mineradora Vale, o Governo do Estado de Minas Gerais e as IJs. Uma audiência judicial marcada em 17 de novembro foi alvo de protesto por pessoas atingidas pelo rompimento, que reivindicavam mais participação na negociação. Com a pressão realizada, nenhum acordo foi fechado.


A próxima audiência para discussão deste acordo será realizada no dia 9 de dezembro, às 14h. As Instituições de Justiça solicitaram que estejam presentes pelo menos dois representantes de atingidos e atingidas de cada região e também que haja acompanhamento das ATIs.





706 visualizações
  • WhatsApp Aedas
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram